Os Produtos Mais Vendidos da Quarentena

A empresa de tecnologia de marketing Criteo fez um estudo sobre o comportamento dos consumidores durante a quarentena, avaliando os itens que tiveram maior aumento de vendas no comércio virtual desde o começo da pandemia. E os resultados foram... surpreendentes.

Se você imaginava que os produtos com maior crescimento durante o período foram eletroeletrônicos, como Smart TVs e notebooks, você errou feio. Os grandes campeões do ranking foram os produtos alimentícios práticos, como salgadinhos, biscoitos e chocolates, e artigos relacionados a atividades físicas.

Curioso para saber os demais itens da lista? Então confira abaixo os maiores destaques da pesquisa.

1 - Snacks

Primeiro lugar incontestável do estudo, os “lanchinhos” foram os mais vendidos durante o isolamento, chegando a uma alta de 722% em suas vendas. Entre chocolates, biscoitos, salgadinhos e demais petiscos, os consumidores parecem ter feito um verdadeiro estoque de delícias para se manter em casa. E a gente bem entende o motivo.

2 - Pulseiras inteligentes

Com um aumento de mais de 500% no período, as smartbands como a Mi Band 4, da Xiaomi, e o Galaxy Fit E, da Samsung, foram as queridinhas da quarentena. Segundo especialistas, esses números em combinação com os demais produtos da lista indicam uma tendência dos consumidores a terem maior preocupação com seu condicionamento físico. Ou talvez eles só queiram se livrar das calorias do primeiro lugar.

3 - Bicicletas, patinetes elétricos e patins

Chegando a ter vendas mais de 4 vezes maiores em abril do que o esperado, bicicletas, patinetes elétricos e patins foram outro grande destaque esportivo na pesquisa. Parece que as pessoas estavam mesmo preocupadas em manter a forma – apesar dos petisquinhos comprados aos montes.

4 - Artigos para Ioga e Pilates

Outro ramo voltado à prática de exercício físico foi o de produtos para ioga e pilates. Artigos como tapetes acolchoados, bolas suíças e faixas elásticas para pilates foram os mais procurados da temporada (crescendo cerca de 390%). Aqui, além da preocupação com o bem-estar físico, podemos adicionar também o fator da saúde mental. Afinal, nada melhor do que uma boa prática de ioga para acalmar a mente.

5 – Videogames e jogos eletrônicos

Aparelhos já esperados nesta lista, os games sofreram crescimento de mais de 300% no período. Sucessos de venda como os consoles de PlayStation 4, Nintendo Switch e Xbox One foram os protagonistas da quarentena, trazendo entretenimento e diversão para adultos e crianças. Em matéria de jogos, títulos como Star Wars Jedi Fallen Order, Fifa 20 e Call of Duty: Modern Warefare foram responsáveis pela alegria dos gamers.

6 – Computadores, notebooks e tablets

Com um aumento de vendas menor (aproximadamente 170%), os computadores, notebooks e tablets parecem ter ficado em segundo plano nas intenções de compra dos consumidores em isolamento. Isso é particularmente surpreendente quando pensamos que muitas pessoas tiveram que adquirir esses aparelhos com o propósito de instalar um home office em casa.